E assim caminha a humanidade, entre avanços, retrocessos e dentre todos os seguimentos da sociedade, aquele que mais sofre, é a educação. Enfrentamos talvez, o pior momento desta crise, que são escancarados com os acessos e avanços tecnológicos.

O Melhor Professor da Minha Vida

Um precipício impede o diálogo entre alunos e professores, esses últimos amparados por instituições cheias de vícios formais, que para facilitar, seguem desestimulados e conformados diante da antecipação do fracasso, escolhendo expulsar aqueles alunos que não se encaixam no modelo. O Melhor Professor da Minha Vida, é um filme com uma temática e abordagem universal, que coloca em xeque questões fundamentais do ensino, como a aprovação complacente.

Denis Podalvdès está ótimo como o rígido Professor de literatura, François Foucault, do renomado Lycée Henri IV, em Paris, que se vê desafiado a dar aulas em uma escola da periferia. Apesar da relutância e desinteresse dos alunos em estudar, François mantem seus padrões e expectativas altas na nova escola, enquanto de ambos os lados vão construindo uma ponte, ele também se transforma e abre sua mente culturalmente.

O Melhor Professor da Minha Vida

Conforme desenvolve o interesse e a cumplicidade com um dos alunos mais rebelde da sala, Seydou (vivido pelo encantador Abdoulaye Diallo), ele também se humaniza e torna-se um professor melhor. De forma autentica, François adapta princípios educacionais, e através da obra “Os Miseráveis” de Vitor Hugo, ele consegue estimular os jovens à leitura e estabelece conexão com eles.

O Melhor Professor da Minha Vida

O filme de Olivier Ayache-Vidal, fala sobre quem somos e como nos transformamos na relação com o outro, com o novo – que aliás, sempre chega. Os jovens alunos são todos da própria escola e vivem seus próprios papéis, numa preocupação da direção em passar veracidade e também não esconder injustiças, rivalidades, ciúmes, entre colegas do meio acadêmico. O filme aponta para a possibilidade de se encontrar caminhos, para um projeto de educação pela troca e pelo dialogo que enriquece alunos e professores, via boa vontade e coragem de ir além do status quo, de um sistema corrompido.

Resumo
O Melhor Professor da Minha Vida
Jacqueline Durans
Roteirista, Diretora e Produtora. Graduação em Cinema pela Universidade Estácio de Sá, formada pelo Teatro Escola Macunaíma, SP; Coprodutora, Roteirista e diretora dos curtas: 2017 - Curta documentário "Achei o meu nariz" 2016 - Cidade em Transe; 2016 - Insônia – Inspirado na obra de Edward Hopper. 2016 - Coordenou o NucineClube da Universidade Estácio de Sá - Campus João Uchõa. Master classes de roteiro e direção com Sir Richard Eyre, Carlos Reichnbach e outros.