Quem poderia imaginar que em 30 de julho de 1947 nasceria, no interior da Áustria do pós-guerra, um menino que revolucionaria o mundo do fisiculturismo e do cinema de ação contemporâneo e, de quebra, seria um político de influência no país mais poderoso do mundo? Arnold Alois Schwarzenegger fez isso, e muito mais.

  • Aos 18 anos conquistou o título juvenil do Mister Europa, na Alemanha;
  • Aos 21 anos, residia nos Estados Unidos e já conquistara o Mister Universo;
  • Em 5 anos, aprendeu o idioma bretão e se consolidou como maior expoente do fisiculturismo mundial;
  • Em 10 anos, tinha diploma universitário e uns bons trocados acumulados graças aos seus negócios nos setores da construção civil e fisiculturismo;
  • Em 20 anos, tornou-se uma lenda de filmes de ação em todo mundo.
  • Pouco mais de trinta anos após ter chegado aos Estados Unidos, elegeu-se governador da sétima maior economia do mundo, a Califórnia.

No aniversário de 68 anos do eterno Terminator, relembre os principais filmes de sua carreira:

O GUARDA-COSTAS (STAY HUNGRY, 1976)

Primeiro filme de relevância do astro em Hollywood, atuando ao lado de Jeff Bridges, Sally Field e sendo dirigido pela lenda Bob Rafelson (Cada um vive como quer, A Última Sessão de Cinema). Schwarza interpreta um pacato fisiculturista (nada a ver) que precisa conciliar sua preparação para o Mister Universo juntamente com o risco de perder a academia aonde treina.

O HOMEM DOS MÚSCULOS DE AÇO (PUMPING IRON, 1977)

Um clássico! Trata-se de um documentário sobre a preparação de Schwarzenegger para o Mister Olympia de 1975 e sua rivalidade com o garoto prodígio Lou Ferrigno.

CONAN THE BARBARIAN (CONAN, O BÁRBARO, 1984)

Dirigido por John Milius (Amanhecer Violento), foi o filme que serviu de trampolim para a carreira de Schwarza em Hollywood.

O EXTERMINADOR DO FUTURO (THE TERMINATOR, 1984)

Simplesmente uma das maiores ficções científicas de todos os tempos, marcou a carreira do astro com um personagem que parece ter sido criado sob medida para ele.

COMANDO PARA MATAR (COMMANDO, 1985)

Clássico dos clássicos dos filmes de ação. Com sequências antológicas, Schwarzenegger consegue dosar a sensibilidade de um pai amoroso com a truculência de um brucutu raivoso. Filme que consolidou o astro como herói de ação.

O PREDADOR (PREDATOR, 1987)

Um dos melhores filmes da década de 80. Outra pérola cinematográfica de ação forjada a ferro e fogo pelo diretor John McTiernan (Duro de Matar, Caçada ao Outubro Vermelho).

IRMÃOS GEMÊOS (TWINS, 1988)

Comédia de altíssimo nível. Julius (Schwarzenegger, impagável) descobre que tem um irmão gêmeo bem incomum chamado Vincent (Danny DeVito). Juntos eles irão viver situações hilárias e descobrir que os laços fraternais superam qualquer adversidade.

O VINGADOR DO FUTURO (TOTAL RECALL, 1990)

Outra ficção científica que marcou a carreira do astro. O filme impressiona pelos efeitos especiais sofisticados para a época além do roteiro instigante. Na direção, o genial Paul Verhoeven (Robocop – o Policial do Futuro).

O EXTERMINADOR DO FUTURO 2 – O JULGAMENTO FINAL (TERMINATOR 2 – JUDGEMENT DAY, 1991)

O auge da carreira do ator. O filme é uma das melhores sequências da história do cinema e influenciou os filmes de ação da década de 90.

O ÚLTIMO GRANDE HERÓI (LAST ACTION HERO, 1993)

Um dos filmes subestimados do astro trata-se de uma homenagem ao gênero dos filmes de ação. Schwarzenegger está à vontade em seu papel metalingüístico.

TRUE LIES (1994)

Outro filme do ator em parceria com o diretor James Cameron. E como essa parceria não poderia dar errada, o que se viu foi mais uma obra-prima de ação.

FIM DOS DIAS (END OF DAYS, 1999)

Um dos trabalhos mais ousados do astro. Na trama, Jericho Cane (Schwarzenegger) é um guarda-costas amargurado pela perda da esposa e filha, que se vê obrigado a encarar o Diabo para proteger uma mulher.

ROTA DE FUGA (ESCAPE PLAN, 2013)

Ao lado de Sylvester Stallone o astro retorna em grande estilo ao universo dos filmes de ação. Além disso, é sempre prazeroso ver os dois ícones atuando juntos.

SABOTAGEM (SABOTAGE, 2014)

Filme que remonta à grande fase dos filmes de ação do ator. Com uma trama muito bem conduzida e cenas viscerais de ação, é certamente um dos melhores filmes da carreira de Schwarza.

MAGGIE – A TRANSFORMAÇÃO (MAGGIE, 2015)

Schwarzenegger interpreta, com sensibilidade, um pai que acompanha a transformação de sua filha após ser contaminada por um zumbi.

Hasta La Vista, Baby!